5 passos para levar um site novo ao topo do Google

Chegar ao topo do Google

Comprou o domínio para o seu negócio ou produtos e criou um site com os pontos fortes e um design que transmite a credibilidade que lhe trará novos Clientes. Depois lançou o seu novo site, mas quando faz pesquisas no Google continua a não aparecer nos primeiros resultados… Porquê?

O mecanismo de pesquisa do Google tem por base centenas de critérios que definem a ordem pela qual os sites aparecem nos resultados e ao longo do tempo tem vindo a melhorar e afinar esses critérios para evitar que sites menos relevantes apareçam à frente dos mais relevantes para uma determinada pequisa, num determinado local, num determinado dispositivo… É complicado? Sim, mas em último caso não tem de se preocupar com isso, se seguir os cinco passos seguintes, estará no caminho certo para começar a ter resultados.

Quando o seu site é publicado, há vários factores que tem de ter em conta para o Google reconheçer um novo site. Não espere resultados imediatos, mas pode fazer algo para acelerar o processo:

1. Publique o site no Google Search Console

O Google Search Console é um serviço gratuito da Google que permite gerir e monitorizar a sua presença online. Embora registar o seu site no Google Search Console não seja obrigatório para o seu site aparecer nos resultados das pesquisas, é um passo importante para melhorar a sua performance e chegar mais rapidamente aos resultados. Depois de criar uma conta e registar o seu site no Google Search Console, deve publicar o seu ficheiro de mapa do site (Sitemap) para que o Google indexe as páginas e perceba melhor a relação e estrutura entre elas.

2. Instale e configure o Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita (mas muito poderosa) da Google que lhe permite registar e analisar tudo o que se passa no seu site. Saiba quantas pessoas visitam o seu site, como chegaram lá, a que páginas acederam, acederam com um computador ou com um telemóvel, e muita mais informação. A instalação e configuração basica não é complicada, mas se quiser ter a certeza que, tanto o Google Search Console como o Google Analytics estão correctamente instalados, e devidamente adaptados ao seu site e ao seu negócio (com eventos, objectivos, integração com loja online, etc) pode adquirir o nosso serviço de “Instalação e configuração das ferramentas Google para SEO“. Este serviço é pago uma única vez e ainda inclui apoio telefónico ou online para tirar proveito destas ferramentas da Google.

3. Identifique as keywords preferenciais

Uma vez que está a lançar um site novo e sem histórico, primeiro tem de perceber quais as keywords onde é mais fácil subir nos resultados do Google. Deve fazer um levantamento exaustivo das keywords relevantes para o seu site. Após este levantamento, é importantíssimo escolher as que são menos concorrenciais mas ainda assim com algum volume de tráfego – conforme terá oportunidade de ver, as keywords que têm mais tráfego (ou seja, pesquisas), também têm mais concorrência, por isso os seus esforços para chegar os lugares de topo no Google serão muito maiores (se não mesmo impossíveis). Comece pelas que serão mais fáceis de trabalhar, pois os resultados dessas, também ajudarão o seu site mais tarde, quando se aventurar a optimizar outras mais concorrenciais. Pode subscrever software para o efeito como o SEMrush, o Ahrefs ou o Moz, entre muitos outros. Pode ainda subscrever o nosso serviço “Envio e análise dos rankings de keywords” através da nossa loja online, e desta forma, o relatório ser-lhe-á enviado mensalmente para que possa analisar a evolução do seu site e identificar novas oportunidades. A nossa equipa dará o apoio necessário. Pode também fazer o levantamento das suas keywords manualmente, mas é um trabalho demorado, e minucioso para manter os dados das suas keywords actualizados.

4. Conheça a sua concorrência

Nunca saberá quanto falta para alcançar os seus concorrentes se não souber onde eles estão. Pode monitorizar os seus concorrentes, fazendo pesquisas por cada uma das suas keywords em modo privado do browser para que os resultados apresentados não sejam afectados pelo seu histórico. Tome nota das posições de cada concorrente para perceber ao longo dos meses qual a evolução destes em relação à sua própria evolução. Note que a sua concorrência online poderá ser bastante diferente da que imaginou inicialmente. Por exemplo, se vende lâmpadas, os seus concorrentes directos são outras lojas perto de si, mas online estará a competir com as grandes superfícies nacionais. Na nossa loja online, pode adquirir o serviço “Análise SEO da concorrência” que lhe dará toda a informação dos seus concorrentes, não só quanto aos rankings deles, mas também a estratégia usada, os canais usados (SEO, AdWords, Redes Sociais) e que falhas os sites deles têm para identificar oportunidades para o seu.

5. Dê motivos para os utilizadores chegarem ao seu site

Agora que já tem o site online, as ferramentas de análise e monitorização instaladas e configuradas, e sabe em que keywords deve-se focar para ultrapassar a sua concorrência, deve identificar quais os conteúdos que serão úteis aos utilizadores que procuram o que oferece mais ainda não conhecem o seu negócio, produto ou serviço. Pode por exemplo criar uma área de artigos no seu site e publicar periodicamente um artigo que seja útil para quem possa estar interessado na sua oferta. Este artigo é um bom exemplo: enquanto estamos a explicar os passos fundamentais para melhorar o posicionamento de um site acabado de lançar, estamos também a oferecer alguns dos nossos serviços que o podem ajudar ao longo desse processo. Quando estiver a escrever os artigos, tenha em atenção as keywords que escolheu para optimizar, especialmente nos títulos e poderá também utilizar alguma repetição das mesmas ou de sinónimos, mas não exagere, pois o Google poderá identificar o seu site como Spam de SEO e bloquear o site nos resultados. Se não tem tempo para criar os seus artigos, não deixe nunca o seu site parado e contrate alguém que crie os artigos. Na nossa loja online também temos um serviço que lhe entrega os artigos prontos para o seu site e devidamente optimizados para as keywords que identificou.

Conclusão

Não se esqueça que o caminho para chegar aos resultados de topo do Google é longo mas compensa, pois ao contrário do investimento em publicidade AdWords ou Facebook Ads, os resultados obtidos perduram ao longo do tempo sem outro investimento que não seja o seu tempo na monitorização de resultados e na criação de novos artigos. Outra vantagem na criação de artigos periódicos é que poderá reutilizar os mesmos noutros canais, como por exemplo, nas redes sociais ou em campanhas de email.

Esperamos que o seu site tenha muito sucesso, mas não se esqueça que dependerá (e muito) de si!… Como diz o nosso Ronaldo, trabalhar no duro compensa!

2018-05-10 // SEO